COMO PROTEGER O BEBÊ NO INVERNO

Bebê no inverno
Bebê no inverno

Como proteger o bebê no inverno com a prática da Aromaterapia.

No inverno, se você sente frio, o seu bebê também sente. Parece óbvio, mas não é. Para proteger o bebê no inverno, uma boa dica é a prática da Aromaterapia. Eu simplesmente A-MO o inverno. Amo chuva, neblina… Não importando se eu estiver dentro ou fora de casa. Eu gosto! Gosto do clima, das comidas, das roupas, do aconchego! Fico só pelo meu fleece… Mas como proteger o bebê nessa época de clima frio?

Pausa para dica de turismo

E como proteger o bebê desse inverno gaúcho que é quase europeu? Bem, se você estiver no RS, oeste de SC ou em Campos do Jordão, você é um privilegiado ser que pode desfrutar de vários tipos de clima ao longo do ano, não?

Está de férias? Sendo assim, venha conhecer o frio no sul do Brasil, em Gramado e Canela, e aproveite pra conhecer Caxias do Sul e a nossa região de colonização europeia, de vinhos e uvas e caminhos da colônia! Você vai se sentir em lugares tais como a Itália, a Alemanha, a Suíça… Creia!

Mas,…

… voltando aos bebês. Para proteger os bebês no inverno, vira-lo em uma “trouxa de roupa”, por exemplo, não é o melhor caminho. No final do post um link com dicas pra você mamãe de primeira viagem, ou não, se sentir mais tranquila e entender umas coisas que o seu bebê está comunicando e você, talvez, não esteja entendendo…

Como proteger o bebê no inverno com a prática da Aromaterapia

Masss… como o assunto é proteger o bebê no inverno com a prática da Aromaterapia, eu, Luziana, estou aqui para te dar uma dica de como fazer isso. BANHO! Hein?! Como assim? Banho no inverno? Ai, ai, ai… Vai dizer que não gosta… Hehe! Bem, brincadeiras à parte! Pra mim, pessoalmente, uma das melhores coisas do dia é aquele banho antes de dormir. Ab-so-lu-ta-men-te relaxante! Ativa a circulação, solta a musculatura, aquece e melhora a respiração! Experimente!

Então! Muitas das dicas que eu vou te dar no AROMATERAPIA NA PRÁTICA são para utilizar no chuveiro ou na banheira. Essa hora, mesmo que sejam 5 minutinhos, é muito prazerosa, e eu considero o banho um excelente local de meditação. Ah, vá… Como assim? Meditação tem que ser sentado em posição de lótus, com a cabeça vazia e ouvindo um mantra.

Ok. Eu aceito que você pense assim.

No banho, você relaxa, logo, a sua mente se acalma. Dessa forma, por que não aproveitar melhor esse tempo em que você está sozinho com você mesmo e os seus pensamentos?

Como fazer e como usar a prática da Aromaterapia para proteger o bebê no inverno

Aromaterapia para os pequenos
Anne-Laure Jaffrelo

Lá vão algumas dicas de Anne-Laure Jaffrelo, uma naturopata francesa que escreveu esse livro ma-ra!

O livro dela é CHEIO de dicas, receitas, protocolos. Tem crianças pequenas em casa? Então! Corra lá e compre o livro!

Uma das melhores coisas que a Editora Laszlo fez pela Aromaterapia foi nos abastecer com literatura sobre, porque, até pouco tempo atrás, o que chegava aqui era “mais do mesmo”, pouco diversificado e, ainda por cima, em inglês ou francês. Incentivo para aprender línguas, né? Mas, queridos, eu estou falando de coisas práticas, ok?

Seguindo…

Nesse livro essa naturopata francesa dá muitas dicas e eu escolhi essa do banho simplesmente porque Anne-Laure Jaffrelo indica que se pode começar em bebês a partir dos 3 meses de idade. Então, desde a tenra idade, seu bebê já vai estar na vanguarda – com uma prática ancestral, que paradoxo! – da proteção com a prática da Aromaterapia, da sustentabilidade e da vida natural! Uau!

Para utilizar óleos essenciais no banho você vai ter que diluí-los em alguma base que, em Aromaterapia, nós chamamos de carreadores. Por isso mesmo, que você pensou, porque eles “carregam” o óleo essencial. Bem, essa prática é indicada pois, caso contrário, os óleos essenciais, que, salvo raríssimas exceções não se diluem em água – e olhe lá – vão ficar boiando, o que é um completo desperdício, presos às paredes da banheira ou, ainda pior, presos às mucosas e à pele e poderão causar irritação e ou coceira.

Sobe o som!

Para relaxamento: lavanda verdadeira, petitgrain de laranja amarga, benjoim ou gerânio-rosa.

Para prevenção das afecções de inverno: eucalipto radiata, saro, ravintsara e tomilho qt linalol.

Dosagem:

*Para crianças de 3 meses a 1 ano: 2 gotas de OE.

*De 1 a 3 anos: 3 gotas de OE.

* De 3 a 10 anos: 6 gotas de OE.

EM UM BOWL misture o OE com 1 colher de sopa de shampoo neutro, gel para banho, leite ou leite em pó (se você ainda o consome). Derrame na água e agite um pouco para misturar.

Detalhe

Mamãe&bebê

O banho é um perfeito momento de integração mamãe&bebê. Vocês dois vão estar aproveitando os benefícios dos OEs, através da inalação mas, mais do que isso, do contato com a pele que é importantíssimo para a prática da Aromaterapia e muito para o relacionamento entre mãe e filho. Dessa maneira você estará contribuindo para que os adultos de amanhã sejam indivíduos agradáveis de se conviver, conscientes e, o que será ótimo, melhor integrados à sociedade.

Pra você já ir se acostumando: OE=óleo essencial

Gostou da dica? E tem muito mais de onde veio essa. Te espero dia 13/07, a partir das 9h, pra gente conversar sobre a prática da Aromaterapia, enquanto comemos aquela empadinha glúten free, que eu também vou ensinar. Não pode vir? Dá nada! Só me convidar que eu vou até você! Enquanto isso, medite a respeito das mudanças de hábitos que você vai fazer, de preferência, no banho… Um abraço, tudo de bom!

Como saber se o bebê está com frio? Pediatra ensina guia para agasalhar na medida certa

Compartilhe:

Quando eu conheci a Aromaterapia

O que a Aromaterapia fez por mim, pode fazer por você.

Quando eu conheci a Aromaterapia, eu achei que a minha vida ia mudar, que eu ia viver de fotossíntese  e resolver tudo usando óleo essencial. Bem, não, eu não aprendi a fazer fotossíntese e obviamente que não é possível viver só de óleo essencial. Mas, sim, a minha vida mudou.

O que a Aromaterapia pode te ensinar

A Aromaterapia me ensinou muito, mas, basicamente, ela me ensinou duas coisas. ENTENDIMENTO e ACEITAÇÃO. Quando eu conheci a Aromaterapia eu aprendi a ter entendimento, porque sem a compreensão de quem somos e daquilo que nos acontece não conseguimos visualizar, por exemplo, perspectivas para seguir em frente. E aceitação, porque tem coisas que nos acontecem que, muito embora não pareça, são para o nosso bem.  Ai, Luziana, parece até a minha mãe falando…

Pois é… E elas, as mães, não tem sempre razão? Hoje a minha vida é muito diferente do que era há 10 anos atrás. Eu tenho um trabalho de que eu gosto e o faço com satisfação; compreender a atitude das pessoas é mais fácil, porque eu me conheço, portanto posso aceitar os outros e aceitar suas falhas, porque sei que eu também posso falhar. E a minha saúde física também melhorou, porque a minha mente está, na maior parte do tempo, tranquila.

Aí você me pergunta… E quando ela não está Luziana, o que você faz? Eu distraio os meus pensamentos, oras! Eu gosto muito de cinema e de televisão. Eu não fico vendo abobrinhas, mas eu gosto de esportes, tais como tênis e futebol americano. Gosto muito do Nadal. E torço demais pelo New England Patriots. E de internet, lógico. Mas eu não gosto de conversar muito. Já gostei mais. Hoje eu aprendi o valor do silêncio, então, eu gosto muito de estar na minha própria companhia. Acho que sou a pessoa ideal para conviver comigo, o que facilita muito a situação. Aprender a ser sozinho é básico para ser feliz todo dia e para a nossa própria sobrevivência, acredite!

Quando eu conheci a Aromaterapia, eu aprendi a acalmar a mente

A mente é especialista em nos causar transtornos. Veja, você está aí e bem. Daí começa a pensar. Aí pensa nas coisas que você gostaria de fazer e não fez ou nas coisas que queria ter dito e não disse, por exemplo. E vai ficando triste, furioso ou frustrado. Uma dica: não deixe para amanhã, o que pode fazer hoje.

Então, não fique aí parado esperando uma coisa que nunca chega. Se você quer muito ir à Toscana, mas não tem dinheiro, comece a guardar, todo mês, uma parte do seu salário. Se você quer dizer a alguém que não está feliz com alguma coisa, comece devagar. Não vá soltando palavras ao vento. Comece pelas beiradas, com jeitinho, mas diga. Não guarde. Tudo o que você guarda se vira contra você. Pode ser um “ruim no coração” ou até uma doença.

Sobre como eu era antes de conhecer a Aromaterapia

Eu já fui assim, por isso que estou contando isso a você. Até os 45 do primeiro tempo eu era uma pessoa muito mais exigente do que eu sou hoje. Tudo tinha que ser como eu queria e eu só admitia a perfeição. Se eu sou capaz de dar 150%, porque o outro só dá 65? Eu tomava remédio pra pressão, fazia terapia e não ia sozinha a lugar algum. Sabia que eu tinha medo de viajar de avião? Quando eu conheci a Aromaterapia, eu aprendi a não ter medo. E, olha, quando a gente é mordido pelo mosquitinho dos aeroportos, fica difícil parar, mas quando a gente é dono do próprio negócio temos que entender que nem sempre é possível. Lembra lá do começo? Entendimento e Aceitação.

Depois que eu conheci a Aromaterapia, eu entendi que ensinar a prática era essencial. E esse é o meu trabalho

Ensinar as pessoas a encontrarem um caminho melhor para viver. O caminho do equilíbrio. E, como a Aromaterapia me ajudou nisso, a minha meta é que cada vez mais pessoas tenham acesso a ela, porque é uma prática natural, que traz satisfação e alegria.

Muito antes de nós, as plantas já estavam aqui. Muito antes de nós, na inteligência delas, elas já aprenderam tudo que nós buscamos entender. Como é ser sozinho, como é viver em condições difíceis, como é conviver com as dificuldades e superar as adversidades. A Aromaterapia é isso, uma perfeita sintonia entre o Homem e a Natureza. E o meu papel, como aromaterapeuta, é mostrar a você que nós, como parte da Criação, já temos esta força dentro de nós. Eu tenho e você também tem, basta encontra-la!

Sobre o Aromaterapia na Prática

Quando eu conheci a Aromaterapia, eu entendi, também, que esse conhecimento não era só pra mim, era preciso “espalhar a Aromaterapia”. E para fazer isso, vou ensinar a você umas coisinhas aí que eu sei, que vão te ajudar. A partir do dia 13/07, vou mostrar como você pode utilizar os óleos essenciais no seu dia a dia, na sua alimentação, pra dormir melhor, respirar melhor, pensar melhor e acordar disposto a ser feliz todos os dias em vez de buscar a felicidade nas coisas ou nas pessoas. A felicidade é o caminho, não uma busca. Clique no link Aromaterapia na Prática pra saber como vai ser. Um curso totalmente voltado para a prática da Aromaterapia, conhecimento e de comidinhas e diversão porque ninguém é de ferro, nem o Tony Stark.

Até lá tenha bons pensamentos, seja grato e fique bem! Um abraço, tudo de bom!

Aproveite pra nos conhecer nas redes sociais:

@dandelioncaxias – Instagram e Twitter

@dandelionterapias – Facebook

Compartilhe:

AROMATERAPIA NA PRÁTICA

Aromaterapia na Prática

NOVIDADE!

Pensando especialmente em você que quer mudar os seus hábitos, ter mais conforto e satisfação e, principalmente, mais qualidade de vida, o Dandelion Espaço Terapêutico criou um curso que vai te ajudar de muitas maneiras.

De forma simples e descomplicada, ensinando a você sobre Aromaterapia e Aromatologia, contando como fazer melhores escolhas e, o que é melhor, na prática, porque fazer é melhor do que falar, não é?

Ah, e tem mais…  Como sempre, nós pensamos em tudo! Veja…

O Dandelion Espaço Terapêutico leva o AROMATERAPIA NA PRÁTICA até você.

O AROMATERAPIA NA PRÁTICA é um curso presencial, pois trata-se de ensinar como proceder a prática da Aromaterapia e de como utilizar, com segurança e corretamente, os óleos essenciais.

Através dos ensinamentos e de muita prática, a professora ensina a fazer e utilizar diversos produtos de uso diário que podem ser auxiliares em tratamentos de situações básicas do dia-a-dia. Assim você já vai se familiarizando com essa prática tão prazerosa, quanto terapêutica.

Para iniciar Samia Maluf, da BySamia, cujos conhecimentos de beleza, saúde e “bem-estar em gotas” vem ao encontro da nossa meta – Aromaterapia ao alcance de todos, porque é nisso que a gente acredita. São dela as dicas do primeiro e-book do Aromaterapia na Prática.

Caso haja interesse na compra do curso, mas não haja a possibilidade do deslocamento até Caxias do Sul, pedimos a gentileza de entrar em contato através do e-mail: luzianafranzoi@aromaseterapias.com.br, a fim de solicitar disponibilidade de agenda.

Temos estrutura completa para levar o curso até você. Não necessitamos de local especial, nem de nenhum tipo de produção. Possuímos equipamento próprio e toda estrutura necessária para que você possa aprender, se assim você desejar.

Reúna amigos e familiares, funcionários da sua empresa, salão de beleza, estética, os vizinhos do condomínio, as profes da escolinha, e quem mais você quiser convidar, que nós iremos até você! Afinal, trazer a sabedoria das plantas para nos auxiliar a superar as nossas adversidades faz parte da nossa missão!

Em tempo…

Luziana Franzoi

Luziana Franzoi é aromaterapeuta, professora do curso de Introdução à Aromatologia do Ibra – Instituto Brasileiro de Aromatologia -, e idealizadora do Dandelion Espaço Terapêutico. Trabalha com Aromaterapia e Psicoaromaterapia desde 2011 e dirige o Dandelion desde 2016. Estudou com Robert Tisserand, Dietrich Gümbel, Fábián László, Mayra Corrêa e Castro, Lenira Sant’Ana e Ane Walsh. É graduada em Secretário Executivo Bilíngue pela UCS-RS. Atualmente ainda continua seus estudos em Psicologia Transpessoal, Astrologia e Filosofia.

VEJA AINDA…

facebook.com/aromaterapianapratica

@dandelioncaxias

Introdução à Aromatologia – Ibra

Clique aqui e saiba mais sobre este Workshop e receba um e-book com dicas de brinde!

Te esperamos dia 13/07, às 9h, aqui no Dandelion!

Compartilhe:

Alimentação e Nutrição x Dieta

Alimentação e Nutrição

Antes de mais nada, para falarmos em alimentação e para termos uma vida mais saudável e consequentemente mais feliz, temos que pensar em termos de nutrição.

Tabela de vitaminas

“Quando falamos em nutrição, podemos defini-la como processos que vão desde a ingestão dos alimentos até à sua absorção pelo nosso organismo. Os seres humanos são seres heterotróficos e onívoros, ou seja, alimentam-se de outros organismos e mantêm uma alimentação muito variada, composta de produtos de origem vegetal e animal.”

Como deve ser a nossa dieta diária

Se pensarmos em termos fisiológicos, uma dieta balanceada é constituída de proteínas, vitaminas, sais minerais, água, carboidratos e lipídeos. Esses itens são as fontes de energia e matéria-prima para o bom funcionamento das células.

Mas se pensarmos num sentido holístico, a nutrição é importante recurso para um vida plena e repleta de significado, pois uma pessoa bem alimentada e com bons índices de nutrientes no organismo, provenientes de uma alimentação equilibrada, vai gerar um indivíduo mais consciente e mais preparado para enfrentar as dificuldades e também mais atuante no meio em que vive. A nutrição e a boa alimentação influenciam de forma importante e conclusiva para o organismo como  um todo.

Como o organismo funciona em termos nutricionais

O organismo produz a maioria das substâncias de que necessita, através de reações químicas que acontecem a partir dos nutrientes que ingerimos. Mas isso, apenas, não é o suficiente. Existem outras substâncias nutritivas necessárias, que não são produzidas pelo nosso organismo.

Essas substâncias são chamadas de nutrientes essenciais. Quais sejam:  vitaminas e também os chamados aminoácidos, tais como isoleucina, leucina, valina, fenilalanina, metionina, treonina, triptofano e lisina, chamados de aminoácidos essenciais, que também são utilizados pelo organismo na fabricação de suas próprias proteínas – aminoácidos plásticos.

As proteínas estão em alimentos como carne, leite, queijos e outros alimentos de origem animal, mas que também podem ser obtidas através de proteínas vegetais como, por exemplo, o grão de bico. Veja uma lista de fontes proteicas de origem vegetal aqui. Não esquecendo que tudo em excesso é prejudicial à saúde e que o consumo em excesso de produtos de origem animal pode causar sérias dificuldades ao organismo.

“As vitaminas são substâncias orgânicas consideradas como nutrientes essenciais. São substâncias necessárias em pequenas quantidades, mas que influenciam muito no bom funcionamento do nosso organismo. A maior parte das vitaminas auxilia as reações químicas catalisadas por enzimas e a sua falta causa sérios prejuízos ao organismo. Os sais minerais são nutrientes inorgânicos muito importantes para o bom funcionamento do organismo de todos os seres vivos e a falta de alguns desses minerais pode prejudicar o metabolismo.”

Vitaminas

Sobre a água

Água, fonte de vida!

A água não é um nutriente, mas é fundamental para a vida. Além de sua ingestão na forma líquida, há também a água ingerida quando nos alimentamos, pois ela faz parte da composição da maioria dos alimentos.

Uma fração significante do corpo humano é composta de água. Cerca de 75% do peso de um músculo é composto por água. O sangue por sua vez contém 95% de água, a gordura corporal 14% e o tecido ósseo 22%. O corpo humano possui cerca de 65% de água em homens adultos e 60% em mulheres adultas.” Wiki.
 
 
Mas veja bem, como já foi dito acima, tudo em excesso faz mal. Água demais também faz mal. Todos os alimentos contém certa quantidade de água, portanto, se a nossa dieta se constitui de legumes, frutas, verduras e outros alimentos que também possuem água, como chás, sucos, sopas, cremes, entre outros, a quantidade de água ingerida diminui. Veja o que recomendam os nutrólogos – médicos especializados em nutrição. Como eles dizem, é necessário um mínimo de água livre, ou seja, água pura, sem a adição de chás, sucos ou chimarrão diariamente.
 
 
Veja outras informações relevantes apresentadas pelo programa Bem-Estar da Rede Globo, a respeito da importância da água para a saúde. O programa é antigo e os vídeos já não estão mais disponíveis, mas as informações são atemporais e muito significativas para o bom funcionamento do organismo.

 

Outros nutrientes importantes para o organismo

 

Outros nutrientes orgânicos muito importantes para os organismos vivos são os carboidratos, os chamados glicídios e os lipídios, as gorduras. Esses nutrientes têm a função de fornecer energia para as células e por isso podem ser chamados de nutrientes energéticos. Lembrando que não é somente o excesso de açúcares que causa o diabetes. O excesso de carboidratos, por exemplo, pode causar diabetes do tipo 2 e o excesso de gorduras pode causar, além de obesidade, acúmulo do mau colesterol, hipertensão, doenças cardiovasculares e aterosclerose.

Outra observação digna de nota é que para que seja feita a correta absorção dos nutrientes é necessário que algumas combinações de vitaminas e minerais aconteçam no organismo. Essa absorção ideal é feita através da ingestão de alimentos combinados. Por exemplo: para que nós tenhamos um absorção ideal de ferro, é preciso ingerir vitamina C. Então procure combinar os alimentos.

O feijão, rico em ferro, deve vir acompanhado de uma limonada, pois o limão contém mais princípios ativos para esse efeito do que a laranja. Outro exemplo. Par uma absorção ideal de cálcio é preciso ingerir vitamina K, presente nos alimentos verde-escuros como o espinafre, a couve e o brócolis, entre outros, e exige, ainda, a presença da famosa vitamina D – obtida através do banho de sol, de preferência com pernas e braços descobertos e sem o uso de óculos escuros. 15 minutos diários já são suficientes.

Sem esquecer  de mencionar que a vitamina D – ou hormônio – também é necessária para muitos processos do organismo, inclusive para o repouso e o sono – melatonina – lembrando que um mínimo de 6 a 8h de sono diárias são importantíssimas para a boa nutrição do organismo.

Como a prática da Aromaterapia pode auxiliar a nutrição

Prática da Aromaterapia

A Aromaterapia pode contribuir com a nutrição e a boa alimentação. Existem óleos essenciais que auxiliam no equilíbrio do organismo. O óleo essencial de limão é um dos mais importantes, pela boa concentração de d-limoneno, mas muito mais pela combinação de seus princípios ativos. Mas temos ainda o óleo essencial de grapefruit com uma grande quantidade de d-limoneno, componente químico que auxilia na diluição das gorduras. Outros óleos essenciais de cítricos que possuem o d-limoneno são os de laranja (todas as variedades), bergamota, lima da pérsia, lima tahiti, mandarina e yuzu. Saiba mais no curso online O Potencial Curativo dos Óleos Essenciais de Cítricos no Dandelion EAD.

Os óleo essenciais de hortelã pimenta e o de pimenta negra (pimenta do reino) auxiliam na ativação da circulação sanguínea, promovendo aumento da oxigenação do organismo, o primeiro atuando no sistema digestivo e o segundo no sistema circulatório.

Os óleos essenciais de canela e de gengibre CO2 atuam na termogênese, promovendo queima de calorias e ativando o metabolismo. E o Absoluto de Cacau, obtido das sementes do cacau, promove saciedade, diminui a ansiedade e, consequentemente, o apetite. Traz felicidade e tranquilidade.

 

O homem como ser hominal

O homem é um ser hominal. Ele tem dentro de si os 3 reinos da natureza: o animal, o vegetal e o mineral. Por essa razão é que devemos ter na nossa dieta alimentos de origem animal e vegetal e também os minerais. A energia dos alimentos possibilita uma vida plena e feliz e o equilíbrio entre os 7 corpos espirituais. Lembre-se disso!

Para saber mais…

Curso de Apometria

Naturopatia

Introdução à Aromaterapia

Fonte de pesquisa do texto:  Paula Louredo, Graduada em Biologia

Jornal de Aromatologia da Laszlo

Acesse a edição completa online e o artigo em Jornal de Aromatologia LASZLO 8ª edição.

SERVIÇO

ONDE

Dandelion  Espaço Terapêutico

Av. Júlio de Castilhos, 1259 – salas 1006/07

Bairro N. Sra. de Lourdes

Caxias do Sul – RS

95010-003

Telefone: 54 3066-7348

Celular/WhatsApp: 54 99703-4874

 

*Aceitamos todos os cartões de crédito.

 
*Inclusive Banrisul e Elo
Compartilhe:

Como nasce um Dente-de-leão

Todo mundo, em algum momento da vida, já sorriu para um Dandelion, ou Dente-de-leão…

Do francês dent-de-lion, o Dandelion ou dente-de-leão é uma flor que além de bela, tem propriedades medicinais. A planta com flores amarelas pode ser distinguida, principalmente, pelo encanto de sua disseminação. Ao toque do vento, as sementes envoltas em esferas brancas são levadas para longe, espalhando leveza onde estiver.

Fonte Youtube

A Taraxacum officinale é a espécie mais disseminada de dente-de-leão (saiba mais aqui). O dente-de-leão é o nome geral de espécies de Taraxacum, entre elas a mais difundida é T. officinale. Folhosa perene de porte baixo, ela produz folhas serrilhadas e flores amarelas. Na Europa, foi alimento importante na Idade Média. Hoje, todavia, muitas vezes é considerada planta invasora de lavouras, pastagens, gramados e jardins. Por outro lado, por sua rusticidade, pode ser manejada em hortas caseiras para o consumo como hortaliça. No Brasil, é pouco utilizada na alimentação, sendo mais empregada como planta medicinal. Entretanto, é valorizada como hortaliça pela agricultura alternativa.

Dente-de-leão

Uso culinário: de sabor amargo característico, as folhas mais novas são utilizadas em saladas, e as mais velhas, refogadas. Empregam-se também no preparo de croquetes, sopas, farofas e sucos mistos. O dente-de-leão desidratado é, ainda, utilizado no preparo de chás. As flores e raízes, um pouco amargas, são também comestíveis.

Fonte Wikipedia

Compartilhe: