fbpx

AROMATERAPIA NA PRÁTICA ESPORTIVA

A prática da Aromaterapia na prática esportiva é possível? Existem benefícios na utilização dos óleos essenciais para melhorar a performance, o condicionamento físico e, principalmente, para a recuperação pós treino?

BOA PERGUNTA!

Não só é possível, como é muito indicada, tanto para os atletas de alto rendimento, quanto para os caminhantes de sábado no parque.

Atletas e a prática esportiva no Ibirapuera
Falando nisso, olha o pessoal do alto rendimento no Parque Ibirapuera, São Paulo -SP!

Existem óleos essenciais, brasileiros, procedentes da Amazônia, que são altamente recomendados, só para começar.

A Copaíba, por exemplo, veja aqui como ela é extraída da Copaibeira. E a Sucupira Branca¹, nesse link muito bem explicada pelo Dr. Dayan Siebra, médico ortomolecular e Master Coach; dois óleos essenciais, portanto, excelentes para a recuperação pós treino.

A Copaíba é rica em beta-cariofileno, e a Sucupira branca que conta, ainda, com propriedades calmantes e ansiolíticas, então, dois excelentes anti-inflamatórios. O resultado dessa composição é o alívio das dores causadas pela atividade física.

2x MAIS POTENTE DO QUE O DICLOFENACO DE SÓDIO

A Copaíba, inclusive, tem estudos científicos comprovando sua eficácia 2x mais potente do que o diclofenaco de sódio, o popular e conhecidíssimo Cataflam®. Basta procurar nos sites de pesquisas médicas e científicas.

VEJA MAIS ALGUNS EXEMPLOS

Hortelã pimenta é um óleo essencial muito indicado para o aumento da resistência e do ganho de potência física, pois age ativando a circulação e auxilia na capacidade respiratória, consequentemente promove melhora na performance.

Outro óleo essencial excelente em prática de atividade física é o Gengibre, útil em artrite e reumatismo, por exemplo, mas excelente termogênico, auxiliando na queima de calorias.

Óleo essencial de Limão, sensacional, devido ao d-limoneno, que não só é solvente de gorduras, como auxilia a baixar os índices do mau colesterol.

Mesmo o óleo essencial de Lavanda é muito bom, pois, altamente recomendado para insônia, mas principalmente a insônia motivada pelo cansaço, por exemplo, acalma a mente e induz ao sono reparador.

AMAZÔNIA, AROMAZÔNIA

SOBRE OS BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DA AROMATERAPIA NA PRÁTICA ESPORTIVA

Avemaria, gente… posso passar hooooras aqui contando dos benefícios da prática da Aromaterapia na prática esportiva, mas deixa eu apresentar uma outra pessoa que trabalha com isso pra ajudar.

A PALAVRA DO ESPECIALISTA

Com a palavra o fisiologista do exercício, referência na área, Alessandro Fromer Piazzi. No vídeo, o especialista fala sobre a prática da Aromaterapia nos esportes de resultado, tais como o futebol.

ATTENTION, MES AMIS!

Óleos essenciais são remédios, produzidos naturalmente pelas plantas aromáticas, altamente voláteis e muito concentrados.

No entanto, devem ser utilizados de forma segura e correta, em geral diluídos em carreadores, principalmente para a ingestão.

Esses carreadores podem ser gorduras, tais como manteigas e óleos vegetais. Ou gel e cremes neutros, por exemplo, para massagens e aplicações tópicas.

A PRÁTICA DA AROMATERAPIA NA PRÁTICA

Como fazer a prática da Aromaterapia corretamente e com segurança você pode aprender, aqui no Dandelion Espaço Terapêutico, de duas formas. Veja os nossos cursos Aromaterapia na Prática e Introdução à Aromatologia!

1.Diferenças entre óleo vegetal e óleo essencial de Sucupira

Existe o óleo vegetal de sucupira branca , extraído das sementes, mas prensado a frio, que pode ser utilizado em substituição às gorduras de origem animal e mineral.

E existe o óleo essencial de sucupira branca, que é utilizado para a prática da Aromaterapia e trabalha, dessa forma, não só o físico, mas também os outros 3 pilares do equilíbrio, o mental, o espiritual e o energético vibracional.

Ou seja, cuidado ao comprar óleos essenciais! Fique atento!

Gostou? Que bom! Ficamos felizes! Ótimo final de semana, um abraço, tudo de bom! 🌷 



Compartilhe: